Equilíbrio e bem-estar

0d3f454d567964a773db019e2982abb6.png

Equilíbrio e bem-estar são condições estreitamente relacionadas ao conceito de naturalidade - o que é natural, espontâneo, simples! Seja qual for o ambiente, qualquer animal busca suprir suas necessidades
fisiológicas (água, alimento, sono). Entretanto, para alcançar um bem-estar considerado “mediano”, outras necessidades como segurança e sociabilidade são igualmente essenciais! O contato com o outro indivíduo é sempre benéfico para o nosso crescimento e desenvolvimento pessoal e, é também interagindo com outros seres vivos, como plantas e animais de estimação, que, normalmente, nos deparamos com a nossa “melhor versão”.
Para que esta conexão aconteça de maneira harmoniosa e saudável, nós humanos temos o dever de nos conscientizar e, portanto, conhecer o que é natural para cada espécie, quais suas necessidades primárias e secundárias, sanando-as cada qual ao seu tempo... E respeitando esse tempo! Quando se escolhe conviver com um pet (cão, gato, ferret, hamster, periquito...) quase sempre há a impressão de termos sido escolhidos por ele, não é mesmo? É esta sensação que nos conecta diretamente com a natureza do outro ser... Amamos espontaneamente e buscamos meios de manter o seu bem-estar, porque essa condição nos beneficia igualmente com esta sensação. O pet responderá às nossas vibrações, porque emitimos e recebemos energias all the time (o tempo todo), de forma inconsciente. Por isso, identificar e bloquear vibrações limitantes e negativas é muito importante no dia-a-dia. O olhar para dentro de si, e buscar alternativas de equilibrar-se, pode ser o primeiro passo para estar bem e para o bem-estar daqueles que nos cercam. Cuidar de si para, só então, cuidar do outro não se trata de uma postura egocêntrica, e sim de respeito à natureza!

Dra. Yandra Cassia Lobato do Prado
Médica Veterinária CRMV-SP 11294
Doutora em Ciência Animal

petssilvia ribeiro